6/22/2011

Integral (0 até infinito) xdx < Amor

Bom dia, patota!
Eu, agora, venho lhes falar sobre relacionamentos. Por quê?! Não sei (talvez tenha a ver com o fato d'eu e minha namorada termos acabado de brigar), simplesmente não sei. Eu to com vontade de falar sobre isso. Principalmente porque as pessoas costumam confundir o Amor.
Eu já falei, em meu antigo blog "Super Nerd News" (SNN), sobre o Amor, dia 6/05, se não me engano. Não é sobre isso que vou falar, na verdade. Apesar de o Amor estar profundamente interdependente de um relacionamento, eu quero falar sobre relacionamentos. Sem dúvida, ainda vou lhes falar muito sobre o amor. Sobre o que eu acho do
amor. But not today.
A questão é que muita gente não vê que relacionamentos não são esse simples "Felizes Para Sempre". O mundo não é tão preto e branco, existe todo um leque infinito de cores e tons no meio termo. Nem é apenas um triângulo daqueles que o protagonista sempre sai com a garota. Isso serve apenas para hipnotizar mentes fracas. Nada mais que estúpidos fins sem criatividade. A verdade é que um relacionamento de verdade não é assim. Não é nada dessas coisas de filmezinhos hollywoodianos. Nem, muito menos, 'pegação'. Não vou nem entrar nesse tema hoje, pois irá me desviar do assunto e sei que vou falar sobre isso mais tarde. Mas isso é de longe sequer perto de um relacionamento.
Não, relacionamentos são "parados", em algumas mentalidades. Porque toda aquela paixão,
aquele fogo ardente e carnal nada mais é do que uma imatura versão do que é Amor. Claro que sim, tudo isso faz parte de um relacionamento profundo, mas vai muito mais longe. Acontece que um amor é confiar, é arriscar, é sentir falta, é sentir necessidade de estar com alguém. Pra ser sincero, sem toda essa melação, a
verdade é que esse alguém faz uma falta do cacete. É assim que você sabe que ama alguém.
É quando aquela pessoa te faz feliz. Não feliz hahaha, mas feliz,
você se sente completo, certo, direito. Você sente que aquela
pessoa te faz bem. É isso que amar. É apenas, gostar, nada mais que isso. Não é muito nem ininterrupto, mas existe horas que você simplesmente sente "Cara, eu amo aquela pessoa". Simples assim.
E, às vezes, você se sente mal. E você se sente insuficiente. E você se sente um estúpido. E é assim. E talvez você seja. Mas não é isso que importa. O que importa é que essa pessoa te ama, mesmo que você seja tão idiota
assim. Essa pessoa sabe que você é assim, sabe que merece muito mais, sabe que pode ter quem quiser, mas, porra, ela escolhe você. Isso não significa algo?!
Eu talvez seja meio à moda antiga (muito, na verdade), mas, para mim, Amor é algo eterno.
E algo que se deva respeito. "Amor é como oxigênio, é algo que nos
levanta para onde nós pertencemos, tudo o que se precisa é amor". É maior que nós. E é irrefutável.
E vão haver brigas. E vão haver ódios. E vão haver lágrimas. E você se sentirá uma bosta e você se sentirá culpado e você sentirá que a vida não vale a pena. Mas, hey, deixa eu te contar uma coisa, parceiro?! Vale sim.
Vale sim, só que ninguém acredita. O ser humano só percebe o quanto ama uma coisa quando a perde. Só entende o quanto algo é bom quando não se tem mais. O ser humano é estúpido por natureza, sempre achará que a situação em que se encontra é a pior. Mas só percebe que a situação era maravilhosa quando se está em outra.
Então, afinal de contas, o que eu queria lhes dizer é "Não desista!". Mesmo que você achar que a vida não vale a pena, não desista.
Mesmo que você esteja sozinho e nunca fora amado. Ou, então, que seu amor te deixou. Ou você acha que seu relacionamento tem problema. Não desista. Amor de verdade não acaba. Quem tem que ficar junto, vai ficar junto. Quem for encontrar alguém, vai. É por isso que eu sei que eu e Cassie duraremos para sempre. Porque ela me ama e eu também. E eu não sou o único que tenho meu amor. Então, levante a cabeça e siga em frente. Seja forte. Seja resistente. Aguente.
Tudo vai dar certo. Tente outra vez e bem, não jogue a bandeira.
É isso, foi mal por falar de mais. Antes de terminar, deixem-me eu explicar o título do post e a
imagem a seguir:
Integral é a contagem de todos os números em uma determinada variação (0 a infinito). Em 'xdx', o primeiro x é uma variável para qualquer número e dx seria o Delta (ou seja, variação) dessa variável.
Ou seja: Todos os valores de zero a infinito são menores que o Amor.

Beijos e abraços,
Corram pelados
õ/

P.S.: Espero que gostem ><

P.S.2: Esse é para os apaixonados, neah?! ;D

P.S.3: Cassie, I love you *-*'

P.S.4.: Esse post tem tudo a ver com o vídeo do Eduardo e Mônica

4 comentários:

  1. qe fofo*-*
    lindo e realista...amei

    ResponderExcluir
  2. Oi mori, que bonitin *-*
    voce escreve muito bem em =D

    adeus

    ResponderExcluir
  3. Dottoly, que inveja do seu dom! u_u você escreve mt bem, eu acho isso incrível, por mais que às vezes você escreva coisas que me dão tapas na cara.
    Eu amo você, da Barbie da Monica u_u e sua só um pouquinho por que sou tua maninha <3

    ResponderExcluir